l3

Ejaculação Precoce Psicológica – Causas e Tratamentos

A ejaculação precoce é uma das doenças sexuais mais comuns no homem. É comum em todas as idades, mas tem maior incidência nos homens mais jovens. O Dr. Carrasquinho Gomes, médico especialista em urologia, estima que mais de 25% dos homens em idade sexual ativa sofra de ejaculação precoce.

Um estudo do NHS, o serviço de saúde britânico, conluio que o tempo médio de ejaculação do homem é de 5 minutos e 30 segundos, embora este tempo, na prática, tenha grandes variações de homem para homem. Os homens que sofrem de ejaculação precoce duram, por norma, menos de 2 minutos, sendo que alguns ejaculam poucos segundos após a penetração.

A verdade é que embora a ejaculação precoce possa ter causas físicas, a grande maioria dos homens que sofrem com este problema está relacionado com a ejaculação precoce psicológica. Conheça as causas e os tratamentos disponíveis para a ejaculação precoce psicológica a seguir.

Este problema era praticamente ignorado no meio médico até à poucos anos. Só foi recentemente classificada como uma doença que afeta a capacidade sexual do homem, a sua autoestima e pode causar diversos problemas psicológicos nos homens afetados, sendo de destacar a ansiedade e o estresse crónicos.

O que é a ejaculação precoce psicológica?

ejaculação precoce psicológicaA ejaculação precoce psicológica é a falta de controlo do homem perante o momento em que se dá a ejaculação. Consiste num padrão que se forma na cabeça do homem e pode ser adquirida ao longo da vida, devido a um acontecimento traumático, como o aparecimento da disfunção erétil, que leva o homem a precisar de uma excitação maior para conseguir obter a ereção, até uma experiência sexual que o afete na sua sexualidade ou autoestima.

Mas também existem homens com ejaculação precoce desde sempre, ou seja, desde a primeira vez que tiveram relações.

Independentemente do momento em que ela possa aparecer na vida do homem, sempre que este não consiga controlar a sua excitação e o momento de ejaculação na maioria das vezes, sem existir uma causa física (o que é pouco frequente) pode-se considerar que o homem sofre de ejaculação precoce psicológica.


Causas da ejaculação precoce psicológica.

As causas podem ser múltiplas, mas normalmente têm a ver com a incapacidade do homem controlar a sua excitação.

Em alguns homens novos e inexperientes tem a ver com a forte excitação que sentem nas primeiras vezes perante uma mulher, o que não é grave, mas na maioria das vezes tem a ver com situações de ansiedade e/ou estresse, que podem estar ou não relacionadas com o relacionamento ou o ato sexual.

As causas mais comuns são:

Causas da ejaculação precoce psicológica

Melhores tratamentos para a ejaculação precoce psicológica.

Como o próprio nome indica este é um problema que está na mente do homem, pois fisicamente a sua anatomia é normal. Como expliquei antes, as causas podem ser múltiplas, e o tratamento mais adequado poderá ser influenciado pela causa que leva o homem a ejacular depressa demais.

Basicamente todas as causas da ejaculação precoce psicológica têm a ver, de uma maneira ou outra, com a ansiedade e o estresse.

Quando essa ansiedade ou estresse são relacionados com situações alheias ao sexo a primeira coisa a fazer é tentar resolver o problema na rua raiz. Muitas vezes ao resolver o problema que causa a ejaculação prematura esta acaba por se resolver por si mesma.

Remedio Natural Ejaculação PrecoceMesmo que a ejaculação precoce já esteja enraizada e precise de algum tratamento durante o tempo que se demora a resolver o problema, ou imediatamente a seguir, um bom suplemento, como aquele que eu indico no botão mais abaixo é o suficiente para resolver a situação.

Quando a ansiedade tem a ver com o desempenho sexual – o medo de falhar, o medo de não estar à altura da parceira, ou a ansiedade gerada pela própria ejaculação precoce, que cria um ciclo vicioso que é muito importante quebrar, existem basicamente duas opções: um bom remédio (de preferência natural, como eu recomendo) e a terapia sexual, que por norma é seguida pelo casal.

Normalmente a ejaculação prematura de origem psicológica responde muito bem à terapia. Mas como a terapia comportamental por norma só é eficiente quando é o casal a participar nela, e muitos homens, que estão numa relação recente ou têm relacionamentos esporádicos, não podem, ou não querem, levar as parceiras às sessões, o tratamento mais utilizado é os suplementos de ervas orais, que ajudam a retardar o orgasmo e a controlar a ansiedade.

Tratamentos para a ejaculação precoce NÃO recomendados.

Embora na parte dos remédios, tanto químicos como naturais, aja várias opções que algumas pessoas, mesmo alguns médicos, recomendam, alguns não são uma boa opção por diversos motivos.

Os medicamentos químicos são de evitar a todo o custo, pois estes são basicamente remédios destinados a combater o estresse ou para ajudar a dormir melhor. Embora eles na prática até possam funcionar, há o problema dos potenciais efeitos secundários e o facto de que todos eles são muito aditivos.

Para resolver um problema o homem vai acabar por criar outro potencialmente ainda pior a longo prazo.

Tratamentos para a ejaculação precoceOs exercícios para a ejaculação precoce são muitas vezes recomendados. Principalmente o fortalecimento do músculo PC, para conseguirem cortar o fluxo no momento da ejaculação.

A verdade é que não funciona. Não é preciso ser médico. Qualquer homem sabe que quando chega à face 3, a face da ejaculação não há exercício, ou seja lá o que for, que consiga parar a ejaculação.

A técnica Start-Stop é outro exercício para a ejaculação precoce muito recomendado. No entanto, é muito complicada de fazer quando se está com uma parceira nova, ou num encontro casual, e não queremos que a mulher se aperceba do nosso problema.

Os dessensibilizadores do pénis em cremes ou geles, que se aplicam um pouco antes do ato funcionam para eliminar a excitação nos homens jovens não podem ser considerados um remédio para a ejaculação precoce psicológica (no máximo só para os homens jovens com problemas hormonais que criam uma excitação acima do normal).

Qual é o objetivo de fazer amor sem ter nenhum prazer, estar para ali pum, pum, para nada? Um homem quando vai para a cama com uma mulher é para sentir prazer, e esses cremes tiram o prazer todo a um homem.

Outro grande motivo para os desconsiderar é que os homens mais velhos (e às vezes até os novos) quando usam esses cremes acabam por perder a ereção. Ou então têm que se concentrar tanto para não perder a ereção que acabam por se virem prematuramente.

Há quem aconselhe bloquear a mente em relação ao sexo, usando outros pensamentos que possam alhear o homem do que está a fazer.

Pensar num problema que precisemos de resolver, numa situação insólita, num jogo de futebol ou em outra coisa qualquer que sejam do nosso agrado pode ajudar a retardar a ejaculação, mas, tal como os cremes, tiram todo o prazer do ato.

Alguns homens conseguem controlar os seus pensamentos, alternado entre o ato e pensar em outras coisas, com algum sucesso. Mas para além de retirar grande parte do prazer que o homem pode sentir, também cria ansiedade, e muitas vezes faz perder a ereção.

Conclusão.

A verdade é que os tratamentos para a ejaculação precoce que são realmente eficazes são apenas dois – os suplementos orais feitos de extratos de ervas e a terapia comportamental.

O melhor é a utilização dos dois em simultâneo. O suplemento que eu recomendo no botão a seguir é muito eficiente e rápido a fazer efeito. Se for tomado enquanto se frequenta as sessões de terapia a ejaculação precoce será eliminada de vez em pouco tempo.

Para os homens que não querem frequentar a terapia com a sua companheira a única solução eficaz é mesmo o remédio natural, que pode ser tomado durante o tempo que for preciso sem correr o risco de efeitos secundários e habituação a fármacos perigosos.

Outra vantagem é que como são tomados diariamente, aja ou não atividade sexual, o homem está sempre pronto quando for preciso, pois os seus ingredientes estão sempre presentes no sangue.

Pedro Pinto   Autor: especialista em problemas sexuais masculinos.
Escrito ou revisto em: 2022-06-18
 
Artigos Relacionados